Miomas Uterinos. Diagnóstico e Avaliação.

Miomas Uterinos. Diagnóstico e Avaliação.

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

O que é Mioma?

É um tumor benigno que se desenvolve a partir de células musculares lisas do útero, acometendo as mulheres principalmente na fase reprodutiva da vida. Sabe-se que são tumores hormônio-dependentes e tendem a diminuir de tamanho e até desaparecer na menopausa.

Quem pode desenvolver?

O mioma é o tumor benigno ginecológico mais comum. Acomete mulheres da raça negra 2 a 3 vezes mais que mulheres asiáticas e raça branca. Outros fatores de risco para mioma são: ausência de filhos, hereditariedade, obesidade, falta de ovulação, diabetes e pressão alta. 

Quais são os sintomas?

Podem não provocar sintomas ou quando sintomático é comum a irregularidade menstrual com aumento do fluxo e da duração. Pode apresentar também dor pélvica, aumento do volume abdominal, falha reprodutiva, sintomas urinários ou intestinais (quando o mioma pressiona bexiga ou reto).

Como fazer o diagnóstico?

História clínica de irregularidade menstrual, dor ou pressão em região pélvica, alteração do exame ginecológico com útero aumentado de tamanho. Exames de imagem que podem ser solicitados são: Ultrassom pélvico/ transvaginal, histerossalpingografia, histeroscopia e ressonância magnética da pelve.

Mioma e Gestação

Em 2,7% – 12,6% das pacientes grávidas são observados miomas. Sugere-se que o aumento dos níveis hormonais durante a gestação promova o crescimento dos miomas, principalmente no primeiro trimestre da gestação. O mioma na gestação aumenta o risco de abortamento, do bebê ter dificuldades devido à sua posição inadequada, parto cesárea, trabalho de parto prematuro, ruptura prematura da bolsa d’água e placenta fora do lugar normal (placenta baixa).

Tipos de Mioma

tipos de mioma uterino

Você pode se interessar:

Tratamentos que oferecemos

Você enfrenta dificuldades para engravidar, algum problema ginecológico ou precisa de acompanhamento obstétrico? Nós estamos aqui para te ajudar! Conheça mais sobre os tratamentos oferecidos

Leia Mais »

Compartilhe:

WhatsApp
Email
Facebook
LinkedIn
Twitter