fbpx

Como obter espermatozóides do testículo para FIV

Como já salientamos anteriormente existem técnicas cirúrgicas simples para obtenção de espermatozoides nos casos de azoospermia. A partir delas tornou-se possível a gestação para homens com ausência de espermatozoides no ejaculado. É uma combinação da técnica de ICSI com uma dessas técnicas de recuperação de espermatozoides.  

Os espermatozóides do epidídimo (glândula situada dentro da bolsa escrotal logo acima e colada ao testículo) são obtidos principalmente pela aspiração percutânea (através da pele) com agulha fina (PESA – do inglês percutaneous epydidimal sperm aspiration) precedida de anestesia local. Os espermatozóides dos testículos podem ser obtidos de duas formas: uma biópsia (TESE – do inglês testicular sperm extraction) ou uma aspiração com agulha fina (TESA – do inglês testicular sperm aspiration), ambas precedidas de anestesia local. Há casos de azoospermia em que a retirada cirúrgica dos espermatozóides dos testículos é feita por microcirurgia – o testículo é vasculhado sob visão microscópica para encontrar os espermatozóides – técnica que recebe o nome de MICROTESE. Esse é um procedimento mais demorado e requer anestesia de bloqueio pois pode demandar, as vezes, até 2 a 3 horas para se encontrar os espermatozoides.

TESA e TESE - Aspiração ou Extração percutânea de espermatozóides do testículo

TESA e TESE – Aspiração ou Extração percutânea de espermatozóides do testículo

Não há como prever a presença ou ausência de espermatozóides no tecido testicular de pacientes acometidos pela azoospermia não-obstrutiva, antes da realização das técnicas de TESE/TESA.

PESA - Aspiração percutânea de espermatozóides do epidídimo

PESA – Aspiração percutânea de espermatozóides do epidídimo

A técnica da PESA é simples. O procedimento é feito com leve sedação, pois é doloroso. Uma agulha fina conectada a uma seringa de 1 ml é inserida diretamente no epidídimo, perpendicular à pele do escroto.

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp

Você pode se interessar:

A Importância do Ácido Fólico

A Importância do Ácido Fólico

Todos nós já ouvimos este conselho antes: “se você está tentando engravidar, tome ácido fólico”. Mas por quê? E o que é ácido fólico? Como

Cistos Ovarianos e Fertilidade

Cistos Ovarianos e Fertilidade

Os cistos ovarianos são como bolsas cheias de líquido que se formam nos ovários. Na imensa maioria das vezes eles não são cancerígenos. Os cistos

Anomalias Uterinas e Fertilidade

Anomalias Uterinas e Fertilidade

Neste artigo nós iremos falar sobre anomalias uterinas e fertilidade. Confira! O útero é um lugar muito especial: se você está tentando ter filhos, é

Transtornos Alimentares e Fertilidade

Transtornos Alimentares e Fertilidade

Neste artigo nós iremos falar sobre a relação entre transtornos alimentares e fertilidade. Confira!  Os transtornos alimentares são condições complexas com implicações significativas para nossa