Marcadores bioquímicos maternos

Dentre diversas substâncias circulantes no sangue materno que já foram pesquisadas no primeiro trimestre da gestação, duas se destacam pelo seu valor discriminatório:

1. em gestações com fetos portadores de trissomia do cromossomo 21, o nível sérico materno da fração livre do hormônio gonadotrofina coriônica humana (β-hCG) costuma ser, em média, duas a duas e meia vezes o valor correspondente à media em gestações normais.

2. já a concentração da proteína A plasmática associada à gestação (PAPP-A) tem em média valores equivalentes à metade daqueles encontrados nas gestações normais.

Desta forma, quanto maiores as concentrações da fração livre do β-hCG e menores as de PAPP-A, maiores as chances de trissomia do cromossomo 21.
Isoladamente, o rastreamento bioquímico materno empregando estes dois marcadores, associados à idade materna e gestacional, atinge taxa de detecção de cerca de 60% para um índice de falsos-positivos de 5%.

Quando combinados com a medida ultrassonográfica da espessura da translucência nucal, realizada entre 11 e 14 semanas, a taxa de detecção atinge aproximadamente 85–90%.

Finalmente, resultados preliminares sugerem que para uma taxa de falsos-positivos de 5%, a combinação da medida ultrassonográfica da TN e avaliação do osso nasal fetal mais a dosagem sérica de β-hCG e PAPP-A realizadas entre 11 e 14 semanas, permite identificar cerca de 95% das gestações acometidas pela trissomia do cromossomo 21.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Você pode se interessar:

Dores Perna Endometriose

Dor nas pernas relacionada à endometriose

A dor nas pernas pode variar em sua localização e intensidade. Algumas pacientes podem relatar que a dor é crônica e persistente ou causa uma dor generalizada, enquanto outras podem ter uma dor aguda e penetrante que pode ser localizada em um ponto específico. 

Vacina Covid19 fertilidade gravidez

Vacina Covid19 fertilidade gravidez

Vacina Covid-19 fertilidade gravidez – Uma recomendação universal para a vacinação COVID-19 em mulheres em tratamento de fertilização in vitro ou que estão grávidas não

FIV gravidez vacina Covid-19

FIV gravidez vacina Covid-19

FIV gravidez vacina Covid-19 – Uma Visão a favor da vacinação – Mulheres em tratamento de fertilização in vitro ou que estão no primeiro trimestre

preservar-a-fertilidade

Preservar a fertilidade

Preservar a fertilidade de forma eletiva para o declínio de fertilidade relacionado à idade é uma evolução e uma realidade Preservar a fertilidade de forma

endometriose e congelamento de óvulos

Endometriose e congelamento de óvulos

Endometriose e congelamento de óvulos – vitrificação de oócitos e preservação da fertilidade por razões médicas diferentes do câncer Endometriose e congelamento de óvulos –