Os 4 principais desreguladores endócrinos: impacto na fertilidade e como evitá-los

desreguladores endocrinos.

Conheça os principais desreguladores endocrinos. A maioria de nós sabe que os plásticos podem ter efeitos nocivos ao meio ambiente. Mas você sabia que o uso desse tipo de material também está potencialmente ligado a efeitos adversos em nossa fertilidade?
E tem mais: tais produtos químicos não se limitam aos plásticos, eles podem ser encontrados em vários produtos e itens domésticos que nós usamos no dia a dia.

Mas afinal, o que são os desreguladores endócrinos (DE’s)?
São produtos químicos, ou combinações deles, que interferem na maneira como os hormônios do corpo funcionam. Eles têm sido associados a complicações de desenvolvimento cerebral, imunológico e, inclusive, reprodutivo.

Os desreguladores endócrinos podem:

🔹Imitar os hormônios naturais do corpo;

🔹Diminuir ou aumentar os níveis hormonais normais;

🔹Interferir com a produção natural de hormônios no sistema endócrino;

Como eles podem afetar sua fertilidade

Uma declaração científica de 2009 da The Endocrine Society, nos Estados Unidos, sugeriu que os DE’s podem afetar os níveis de hormônios de fertilidade do corpo, como estrogênio e testosterona, bem como hormônios da tireoide.
Os hormônios são essenciais para a reprodução, por isso faz sentido que níveis hormonais fora dos padrões possam afetar sua fertilidade e muitas partes do sistema reprodutivo, como a ovulação e a contagem de espermatozoides.

Como reduzir exposição aos desreguladores endócrinos

A primeira coisa a ter em mente é que o objetivo não é reduzir sua exposição a zero. Esses produtos químicos estão em toda parte, infelizmente, e é impossível evitá-los completamente.
Nossa recomendação é tomar algumas medidas para reduzir a exposição a alguns dos maiores infratores. Confira abaixo os vilões dessa história.

1. Bisfenol A (BPA)

O BPA pode ser encontrado em produtos plásticos como garrafas de água e recipientes de armazenamento de alimentos.

Como reduzir a exposição:

Armazene os alimentos em vidro e troque as garrafas plásticas de água por vidro ou aço inoxidável.

2. Parabenos

Os parabenos estão entre os conservantes artificiais mais populares usados ​​em todo o mundo na fabricação de xampus, hidratantes e demais cosméticos.

Como reduzir a exposição:

Faça questão de revisar os produtos de beleza e cuidados com a pele para ver se eles contêm parabenos e considere escolher produtos sem o composto.

3. Pesticidas

Os pesticidas são produtos químicos usados ​​para matar ou repelir a vida vegetal, ou animal, prevenir mofo ou bolor e impedir a propagação de bactérias. Geralmente associamos pesticidas a alimentos, mas eles também podem ser encontrados em óleos corporais, óleos essenciais e manteiga de cacau.

Como reduzir a exposição:
Lave frutas e vegetais antes de comê-los e, se puder, opte por produtos orgânicos.

4. Sulfatos

Os sulfatos são produtos químicos usados, principalmente em produtos de limpeza domésticos e também em xampus.

Como reduzir a exposição:

Sempre que possível, escolha produtos de limpeza, cuidados com a pele, cosméticos e outros produtos de beleza sem sulfato na composição.

Você pode se interessar:

Tratamentos que oferecemos

Você enfrenta dificuldades para engravidar, algum problema ginecológico ou precisa de acompanhamento obstétrico? Nós estamos aqui para te ajudar! Conheça mais sobre os tratamentos oferecidos

Leia Mais »

Compartilhe:

WhatsApp
Email
Facebook
LinkedIn
Twitter